Como editores & agências de notícia usam Listas de Transmissão do WhatsApp

WhatsApp_broadcast_lists

Número crescente de agências de notícias usam listas de transmissão do WhatsApp para distribuição de conteúdo em forma de boletim informativo.

Em 2009 o WhatsApp foi lançado como um aplicativo de mensagens que permitiria aos seus usuários que se comunicassem gratuitamente, por meio de mensagens tipo SMS. Inicialmente, o app ganhou bastante popularidade pois representou uma maneira de evitar cobranças de SMS. O aplicativo também disponibiliza aos seus usuários mensagens de áudio & vídeo.

Em 2014 o Facebook comprou o WhatsApp pelo valor divulgado de USD 19 bilhões. Desde então, muitas pessoas estão se perguntando se a funcionalidade das listas de transmissão irá dominar ou mudar a forma que conhecemos o marketing nas mídias sociais.

No final de 2013, o WhatsApp lançou as chamadas “listas de transmissão”. Uma lista de transmissão “permite que você crie, salve e envie mensagens instantaneamente para uma lista de contatos. Os destinatários recebem sua mensagem transmitida da mesma forma que uma mensagem comum – diretamente no chat individual. Os destinatários também não sabem quem mais recebeu a mensagem, e não sabem que ela foi enviada como parte de uma lista de transmissão. Quando eles respondem, estão respondendo somente para você. Neste sentido, funciona como o CCO (cópia carbono oculta) em um e-mail. ” Atualmente as listas de transmissão estão limitadas em 250 contatos cada (no entanto é possível criar quantas listas forem preciso).

Para um contato específico receber sua transmissão, eles devem ter o seu número salvo na agenda deles, e ter lhe enviado pelo menos uma mensagem.

No mundo inteiro, editores e agências de notícias estão usando o WhatsApp

Mundialmente, organizações de notícias estão experimentando a funcionalidade das listas de transmissão do WhatsApp, o que os ajuda a alcançar quase 100% de seus inscritos no WhatsApp organicamente (sem pagar publicidade). Compare isto com o alcance orgânico do Facebook – mal chega a 6% – e entenda o barulho em torno de se construir uma audiência no WhatsApp. Ainda mais se você levar em conta altíssima taxa de cliques que vem sendo relatada.

Canais de TV no Reino Unido

BBC

Em 2014, a British Broadcasting Corporation (BBC) usou as “Listas de Transmissão” do WhatsApp para disseminar notícias sobre as eleições gerais na Índia e a crise de Ebola no oeste da África. Como o WhatsApp ainda não permite que as marcas tenham seu próprio canal, a BBC usou seus canais online e offline existentes para divulgar um número de celular do canal para ser adicionado pela sua audiência interessada em receber notícias. Para começar a receber as mensagens sobre o assunto de interesse, os usuários precisavam enviar a palavra “JOIN” para aquele número. Também era oferecida a opção de sair da lista de transmissão do WhatsApp, enviando a mensagem “STOP”.

A BBC limitou seu número de atualizações para 3 por dia para evitar tornar-se incômoda.

Channel 4

Também em 2014, a rede de televisão pública britânica Channel 4 começou a usar listas de transmissão do WhatsApp, para que mais pessoas recebessem atualizações sobre as notícias, bem como prévias das grandes histórias que seriam discutidas nos programas ao vivo.

O Channel 4 News assegura que eles não vão compartilhar os números de celulares e outros dados de suas listas à terceiros.

Jornais no Brasil

Redes de televisão não são os únicos meios de comunicação usando o WhatsApp. Muitos jornais brasileiros usam o serviço para receber contribuições de seus leitores. Imagens, áudios e vídeos enviados pelo app também são usados em jornais impressos, TV e na internet.

Uma lista de jornais que abriram canais de recepção via WhatsApp incluem:

Agências de notícias Austríacas

Der  Standard

O jornal diário nacional da Áustria Der Standard começou a usar o WhatsApp no início de 2015. Leitores que querem receber as últimas notícias diretamente em seus smartphones precisam preencher um formulário incluindo seu número de celular, selecionar uma ou mais categorias de assuntos desejados e clicar em “Send”. Então eles precisam salvar o número que aparece no formulário em sua lista de contatos. Por fim, os usuários precisam enviar uma mensagem de texto com seu primeiro e último nome, via WhatsApp para o “Der Standard”. Assim o jornal consegue registrá-lo em sua lista de transmissão e enviar as notícias solicitadas.

whatsapp_broadcast_lists

Estações de rádio Austríacas

A Rádio nacional austríaca Hitradio Ö3 também está usando o WhatsApp para manter contato com sua audiência, que pode usar o canal sempre que tiver dúvidas, ou quiser fornecer informações. A rádio também fornece novidades 24 horas por dia e informações de interesse dos ouvintes, é preciso apenas enviar para a Ö3 sua palavra-chave preferida. Os usuários podem escolher entre: Novidades, Esportes, Horóscopo e Previsão do tempo.

Revistas, blogs e websites na Alemanha.

t3n

A revista t3n manda seu WhatsApp para seus assinantes uma seleção das informações mais importantes e relevantes, assim como as últimas notícias. Eles enviam somente itens que podem ser lidos convenientemente em dispositivos mobile, e limitados a 2 por dia.

Der Postillon

O website alemão Der Postillon apresenta artigos satíricos sobre notícias locais, nacionais e internacionais. Similar aos exemplos acima, leitores que se inscrevem para receber notícias pelo aplicativo precisam enviar seu número mobile e seguir alguns passos. Der Postillon promete não enviar mais o que 3 itens por dia.

Express.de

O jornal online lançou o serviço de WhatsApp em setembro de 2015, prometendo enviar as maiores novidades diretamente do serviço de mensagens para os usuários cadastrados. O boletim envia as últimas informações da cidade de Colônia, do estado de Nordhein-Westfalen, internacionais, novidades do 1 Köln FC ou mensagens rápidas sobre o trânsito da cidade. Com um volume médio diário de no máximo 3 itens por dia.

Basic Thinking

Para aumentar o engajamento de seus leitores em todos os canais, o blog disponibilizou o serviço de WhatsApp  e notifica sua audiência sempre que um novo artigo é publicado.

Redes de televisão alemãs

A estação de televisão alemã RTL disponibilizou o serviço de WhatsApp como parte de sua iniciativa RTL NEXT. Assinantes receberão as notícias mais importantes em seus smartphones todos os dias entre 8 a.m. e 8 p.m.

whatsapp_broadcast_lists2

Antes de começar a transmitir no WhatsApp…

Como o WhatsApp é principalmente usado para comunicação pessoal, marcas que começam a utilizar esse espaço devem agir cuidadosamente. A BBC reconhece esse desafio, e torna claro que o número máximo de mensagens enviadas por dia seria três.

O WhatsApp tem limitações na configuração de listas de transmissão: cada lista é limitada a 250 contatos. Enquanto a BBC claramente se beneficia de sua grande audiência, pode ser difícil para pequenas empresas completar uma lista, já que cada pessoa deve incluir seu número na lista de contatos para receber as mensagens.

Usando ferramentas de terceiros

Com o máximo de 250 contatos em cada lista de transmissão é bem limitada e consome bastante tempo para programar comunidades maiores (você teria que enviar as transmissões em pacotes de 250). Alguns editores já começaram a usar ferramentas de terceiros que tornam o gerenciamento de serviços de WhatsApp muito mais fácil. Enquanto nós recentemente integramos nossa ferramenta de gerenciamento de mídias sociais, Swat.io com esse serviço, devemos apontar que essas ferramentas de terceiros estão usando API não oficial, ou outros artifícios para alcançar isso. Além disso, os termos de serviço do WhatsApp proíbem explicitamente “uso comercial” – entretanto não é claro o que “uso comercial” significa exatamente. Tendo dito isso, editores que estiverem atentos a esses fatos podem elevar seus serviços de WhatsApp para um nível completamente novo:

  • Assinatura mais fácil através de um widget incorporável em seu website e uma mensagem SMS de boas-vindas que ajuda os usuários a não terem que adicionar um número de telefone manualmente.
  • Agendamento e envio automático das transmissões para qualquer número de assinantes (não em pacotes de 250)
  • Envio de mensagens de transmissão baseada em interesses, separadas em canais como “transito”, “notícias”, “esportes”, etc.
  • Suporte para encurtadores de link, rastreadores de clicks e – é claro – Emojis

Para editores que não querem se arriscar usando um serviço prestado por terceiros não oficiais, ainda existe a opção de usar o WhatsApp através do aplicativo oficial ou pela interface web em http://web.whatsapp.com.

Se você quer começar a usar a ferramenta de listas de transmissão do WhatsApp, siga os seguintes passos:

  1. Consiga um novo número de celular, que não seja ligado ao seu celular pessoal, já que receber notificações 24/ dia pode se tornar incômodo.
  2. Baixe o WhatsApp e divulgue o número através de seus canais de marketing existentes para encorajar os usuários a se cadastrarem.
  3. Quando você tiver os contatos, configure sua lista de transmissão. Abra o aplicativo e clique em “Lista de Transmissão”, e então em “Nova Lista” na parte de baixo da tela de Listas de Transmissão. Então digite o nome dos seus contatos, ou selecione-os diretamente pela lista de transmissão. Após selecionar todos, clique em “Criar”.

Você pode editar sua lista para incluir ou excluir contatos a qualquer momento.

O WhatsApp oferece uma oportunidade única para empresas que gostariam de transmitir seus conteúdos e alcançar uma audiência altamente engajada. Por enquanto, a maioria das empresas usando as listas de transmissão são organizações de notícias. Porém, é esperado que outros serviços também experimentem os serviços do WhatsApp nos próximos meses.

Serviço de atendimento ao consumidor via WhatsApp! Experimente Swat.io agora!

 


Did you like this article? Why not share it with your friends!

Sobre o autor

Victor Hugo

Segue Victor em Twitter, Facebook ou Google+!

Send this to friend